© 2019  Ramakrishna Vedanta Ashrama

Deus como mãe


Na maioria das religiões do mundo, Deus é concebido como masculino, seja como pai, juiz ou mestre. Muitas das interpelações a Deus são de natureza masculina. Mas na Índia, desde os tempos mais antigos, o princípio feminino sempre foi colocado no mais elevado pedestal.


Aqueles que adoram a Shakti, a Divina Mãe, afirmam que se referir a Deus como Mãe é mais natural do que chamar Deus de Pai. Quando um aspirante espiritual alcança maior intimidade com o Divino e tem sentimentos de amor mais fortes e profundos, este relacionamento torna-se cheio de doçura, amorosidade e anseio.


Ao nascer, o contato inicial da criança é com sua mãe. Depois, acontecerá o relacionamento com o pai. Assim, desenvolvemos naturalmente uma relação amorosa com nossa mãe. Quanto ao relacionamento com Deus, se ele acontece com base no amor, doçura e carinho, nada mais natural e adequado que se referir a Ele como Mãe, já que, em inúmeras culturas e por sucessivas gerações, a Mãe é símbolo de atenção, afeto, cuidado, proteção e amor pelos filhos.


A ideia de adoração a Deus como Mãe foi enfatizada de maneira singela por Sri Ramakrishna. Ele disse que o amor a Deus concebido como Mãe Divina é o mais puro amor que podemos imaginar.


O amor pode ser direcionado a outras pessoas, porém quase sempre possui certo egoísmo e expectativa de retribuição, ou seja, preocupações individualistas, gerando apego. Portanto, esse amor deve ser purificado. E já que só podemos conceber o amor divino com base no que conhecemos do amor humano, tentamos aproximá-lo do amor da mãe por seus filhos, aquele amor que parece o mais desinteressado, altruísta e verdadeiro, aquele amor que nada espera em troca.


O amor materno constitui para nós a mais pura forma de amor nos relacionamentos humanos.

Assim, Sri Ramakrishna costumava dizer que devemos considerar Deus como Mãe porque o amor que sentimos por nossa mãe nos ajuda a compreender o verdadeiro significado do puro amor.


Jai Maa


Texto lido durante o Durga Puja de 2018 realizado no Ramakrishna Vedanta Ashrama

406 visualizações1 comentário